Tudo bem ficar mal, mas não pode ser para sempre

Curar a dor de um amor perdido não é fácil, mas sabe, tudo bem se você pensar nele, se sentir triste e também ter aquela vontade louca de entrar naquele abraço.
Tudo bem se você chorar ao deitar-se a noite e acordar com o travesseiro molhado. Está tudo bem em sentir isso tudo. O que não está tudo bem é se você se jogar em um poço profundo de tristeza e sentir tudo isso por muito tempo.

O luto é necessário, mas ele não tem e nem pode ser eterno.

O luto deve ser utilizado para nos fortalecer, para analisarmos onde erramos e mudar certos conceitos dentro de nós.

Cada relacionamento que dá errado, por mais curto que seja é uma preparação para vida.

E você só tem dois caminhos aqui: se recuperar ou entrar em depressão profunda. Eu tenho certeza que o primeiro é a melhor escolha. Junte tudo, organize as ideias, se reerga, saia do buraco, procure a luz no alto do poço, no fim, tudo fica bem, e a gente só sai mais forte.

Mas só tem uma pessoa capaz de te puxar pra cima, e essa pessoa é você.

Enquanto você não se convencer que precisa subir, ninguém poderá ajudá-lo, mesmo que existam milhares de mãos estendidas pra te puxar, ninguém consegue fazer muito com um peso morto.

Então, enxugue as lágrimas, meu amigo, balance toda a poeira e dê o primeiro passo, o mundo é lindo e cheio de gente, para sermos um pouco mais exatos, existem mais de 7 bilhões de pessoas nesse planeta, o que faz você pensar que aquela que o deixou (ou que você deixou) é a única para você?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: